Olimpíadas de 2016 no Rio podem reforçar proteção das marcas dos jogos

A escolha do Rio como sede dos Jogos Olímpicos de 2016 pode ampliar a cooperação brasileira na área do esporte mundial, por meio do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi), órgão vinculado ao Ministério do Desenvolvimento Econômico e Social. A expectativa é do presidente do Inpi, Jorge Ávila.

O instituto já tem firmado com a Federação Internacional de Futebol (Fifa) um acordo relativo à Copa de 2014, que será no Brasil. Segundo Ávila, o acordo visa a garantir a proteção de todos os sinais distintivos, como marcas, “que são importantes para garantir a viabilidade da realização da Copa do Mundo”. Ele disse que o acordo é importante para a Fifa, porque a instituição “vive essencialmente da comercialização de sua marca”.

A Fifa organiza os eventos. Os recursos que alimentam a realização desses campeonatos de futebol pelo mundo provêm da comercialização de produtos com a marca Fifa. “Por isso, é muito importante que a sua marca esteja protegida adequadamente no mundo inteiro. É particularmente importante que haja um empenho nosso em ajudar a Fifa a proteger as marcas que serão associadas à Copa de 2014, não apenas no Brasil, mas no mundo.”

Ávila afirmou que o Inpi tem interesse em fechar acordo semelhante com o Comitê Olímpico Internacional (COI). Ele informou que o Inpi e a Fifa já conversaram sobre a necessidade de um estudo mais detalhado sobre a importância das marcas e outras formas de propriedade intelectual para o esporte e que isso poderá ser feito com outras instituições.

“Conversamos com a Fifa e poderemos conversar com outras entidades esportivas. Entendendo isso melhor, poderemos ter estratégias mais efetivas de proteção”. Para o presidente do Inpi, a proteção adequada das marcas e outros sinais distintivos pode significar ganhos para o esporte mundial como um todo.

Fonte: Portal Terra Notícias 05

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?